Ignição eletrônica no distribuidor original

domingo, 7 de janeiro de 2018

Fusca 1968 do Samuel: Originalidade, charme e muita história

Bom, o domingo está com um tempo bastante esquisito e eu também não tenho muito o que fazer nesse final de tarde. Já que sempre gostei de escrever e nós nunca podemos perder a inspiração que nos vem aleatoriamente adianto um pouco o conteúdo de hoje é que lindo, clássico e super conservado. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
A diversidade no mundo dos Fuscas é algo realmente fantástico. Ontem eu postei um carro de aspecto totalmente usual, sem estar preso a qualquer tendência e mesmo assim era um carro muito bonito de ser visto da maneira que é. Hoje, posto um carro com um alto percentual de originalidade que desperta olhares tão curiosos quanto o carro de ontem, mas que traz um pouco do que um Fusca recém saído da fábrica poderia proporcionar aos seus proprietários.
As fotos que vocês veem ao final do post me foram enviadas pelo Samuel Silva. Confesso a vocês que a abordagem que ele fez não é tão comum na página do blog, mas eu fico muito contente quando algo parecido acontece. O Samuel me contatou há alguns dias mandando as fotos do seu carro e dizendo que ficaria muito feliz se seu carro fosse postado aqui. Logicamente eu não poderia fazer outra coisa a não ser postar o belíssimo carro que ele tem. Nas imagens, aparece o maravilhoso Fusca 1968 azul real dele.
A história desse carro é bem bacana. Este carro foi de seu tio e já está com ele há dois anos. Durante esse tempo, o carro passou por uma restauração e, após o fim dessa empreitada, recebeu placas pretas. O Samuel mora em Ilha Solteira no interior de São Paulo, e usa esse carro regularmente, inclusive fazendo viagens como o trajeto até Rio Preto/SP que dá, aproximadamente, 200 km. Então se trata de um carro que segue o padrão original mas que está sempre embelezando as ruas e rodovias da região. Segundo o proprietário, o carro ainda receberá algumas outras peças antigas genuínas, como uma bomba de combustível do modelo antigo com reparo.
E tem mais: O Fusquinha mesmo absurdamente requintado já mostrou ao seu dono uma vez que é um carro durável e absurdamente simples: Em uma das viagens que Samuel fazia com o carrinho, o platinado o deixou na mão. Ele pegou seu chaveiro, deu uma leve lixadinha e, em poucos instantes, o carro "voltou a vida". Fusca realmente não tem para ninguém.
E o melhor de tudo: Em pleno 2018 ainda há passageiros no chiqueirinho!
É um carro que dispensa quaisquer comentários ou descrições minhas, vocês verão. Quero agradecer ao Samuel pelo prestígio em mandar as fotos!
Veja:















6 comentários:

  1. Nem tem o que falar desse Fusca, impecável, o difícil vai ser ele arrumar uma bomba de gasolina de reparo, pois eu sinceramente nem sei se ainda se acha essa bomba e menos ainda o reparo dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, existem algumas bombas dessas usadas a venda. Até no ML aparecem algumas. Logicamente não são baratas, mas ainda existem. Quanto ao reparo, ainda é tranquilo pois fabricam reposição, já a qualidade...

      Excluir
    2. E esse o problema, a qualidade...

      Excluir
    3. Exatamente! Infelizmente esse é um mal na maioria das peças de reposição.

      Excluir
  2. Esplêndido. Parece um carro que conheço....rsrs.... irmão gêmeo. Quanto a bomba com reparo, é raro de encontrar, e o reparo, ainda mais. Sei, pois, há um tempo atrás, estava a caça do reparo, para a minha. Excelente post, ótima matéria, Jordan. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, meu amigo! Pois é, eu também conheço um carro bem parecido...heheheheh

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!