quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Fusca 1968: Mais um pelas ruas de São Paulo

Há mais ou menos uns oito meses atrás eu postei aqui um flagra muito interessante de um Fusca da década de 70 que, por obra do destino, eu consegui fotografá-lo no mesmo lugar em dois dias diferentes para dar um post bacana. Pois bem, o flagra do post de hoje repete a proeza por meio de um grande amigo que sempre está contribuindo com o blog. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Por diversas vezes aqui no blog eu já disse aos amigos que, sem sombra de dúvidas, o carro antigo que mais se vê em circulação nos dias atuais por todo o nosso país é o Fusquinha. É impossível não passar 10 ou 15 dias aqui no blog sem um post de flagra pela alta incidência de Fuscas rodando ao redor de todos e que despertam olhares daqueles que adoram carros clássicos.
As fotos que vocês veem ao final do post foram enviadas pelo meu amigo Carlos, que já contribuiu com inúmeros flagras de Fuscas e outros clássicos no trânsito de São Paulo. O curioso é que, por mais que as fotos sejam extremamente parecidas, elas foram tiradas em dias diferentes, visto que o Carlos conseguiu ver o carro por duas vezes no mesmo lugar. Trata-se de um belíssimo exemplar 1968 na cor vermelho granada, que por sinal me agrada muito. Os amigos que sempre acessam sabem que os meus modelos prediletos são os da década de 60.
Esse está, realmente, muito bonito. Ao que me parece, é usado como veículo diário, o que é mais legal ainda.
Quero agradecer ao Carlos por enviar as fotos!
Veja:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo!