segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Calcule a potência do seu VW a ar

Há alguns dias eu já estou com essa planilha salva aqui no meu computador e confesso que já "brinquei" bastante com ela para ver realmente toda a eficiência que ela pode entregar. Pois bem, depois de ver que essa ferramenta pode sim te ajudar bastante na montagem da receita de um motor, não tive dúvidas de que o conteúdo dela geraria um post de utilidade pública. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
O bom de se ter um feriado é que eu consigo soltar os posts na hora certa com um pouco mais de tranquilidade, principalmente quando se trata de um conteúdo tão bacana como o de hoje. Muitas pessoas quando pretendem montar um motor com algum tipo de modificação ou até mesmo configurações originais com leves otimizações se preocupam muito com os números de potência. Eu particularmente sempre enxergo o projeto de um motor como um conjunto e que ele sempre trará um bom resultado dentro de suas limitações se montado com muito critério e com escolhas acertadas.
A planilha que estará disponível ao final do post foi salva por mim lá do conceituado site (e fórum) "Fusca 4ever", uma página que com certeza todos vocês já conhecem ou já consultaram algum tipo de informação. Esta maravilhosa ferramenta foi desenvolvida pelo Vader, um dos membros lá do site. Nela, você consegue montar a configuração pretendida para um motor e em outra aba são passadas algumas informações interessantes, como qual é a potência e torque médios que teu motor pode desempenhar. Já em outras abas, estão as curvas de torque e potência (que devem ser analisadas com muito critério para ver se batem com o seu propósito) e também alguns parâmetros de giclagem e outros fatores que podem ajudar nas regulagens e acertos iniciais do motor. Logicamente esse tipo de acerto só vai ser descoberto de forma integral na prática, visto que, querendo ou não, nenhum motor é igual ao outro.
Lembrem-se também que alguns fatores não aparecem na planilha, como balancins de maior levante, por exemplo. Um acerto na parte de injeção de combustível e no sistema de ignição também implica em valores que podem fugir um pouco daquilo aplicado na planilha. Um outro toque bacana é que você deve preencher corretamente todos os campos para ter um melhor resultado. Na planilha é possível se escolher até o carro que o motor será montado, onde são levados em conta peso e outros coeficientes.
E além disso: Nem sempre o número grande na planilha significa a melhor dirigibilidade. Escolha as peças para seu motor com juízo.
Para acessar a planilha, clique neste link e faça seu download, assim você poderá editá-la no Excel e descobrir os resultados.


2 comentários:

  1. Parece mais que a planilha está dando uma receita de preparação para um motor 1600, se bem que não sei se pra mim a planilha abriu direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baixando a planilha é possível alterar os parâmetros e ter os resultados. Funciona super bem. Mas de fato a receita inicial é de um motor 1600.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!