sábado, 7 de outubro de 2017

Fusca 1976: Um flagra chuvoso

O conteúdo do post de hoje faz lembrar uma publicação bastante antiga aqui do blog que mostrava um Fusca 1974 azul niágara estacionado na rua em um dia chuvoso. Nesta noite de sábado, o flagra é praticamente da mesma natureza e foi feito em um ponto pouco distante do post do Fusquinha azul, mas tem como seu gerador alguém muito especial e que vocês já conhecem faz tempo. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Flagrar Fuscas é algo sempre muito prazeroso para todos aqueles que curtem esse simpático carrinho. Quem acessa o blog há mais tempo sabe que além de eu sempre fazer questão de registrar os Fuscas que vejo pelas redondezas, sempre busco mostrar a diversidade entre os besouros que rodam por este Brasil. É exatamente por isso que você vê aqui Fuscas de todas as épocas, estados, estilos e particularidades possíveis que reconstroem a cada dia toda a diversidade que o antigomobilismo pode proporcionar.
As fotos que vocês veem ao final do post foram tiradas na tarde desse sábado por um cara que vocês já conhecem e sabem das inúmeras contribuições que já deu aqui no blog: Meu pai. Sim, o cara que lidera as estatísticas do blog em flagras de rua atacou novamente nos trazendo desta vez um Fusca 1976 estacionado aqui mesmo no bairro. Analisando as fotos do carro, vê-se que este é mais um exemplar que integra a maior parcela dos Fusquinhas atuais: Carros de uso diário, com reparos e soluções objetivas visando a funcionalidade do clássico. Além disso, o uso de rodas de Brasília e de bancos de outro carro mostram que este é mais um carro que participou de boa parte das modificações comuns nos anos 70 e 80.
Quero agradecer mais uma vez ao meu pai pelas fotos!
Veja:








7 comentários:

  1. Olá meu Filhão!! Vou explodir de Felicidade aqui, inflado por suas palavras sempre dóceis e carregadas de Amor... Aliás, Amor é a palavra que retrata muito bem o que vc é, o que você faz, é o que você vive...E quem faz tudo com Amor, inclusive pelo popular Fusquinha ou pelo antigo automobilismo, acaba espalhando pelas matérias, postagens e pelas fotos essa arte de curtir e fazer perpetuar essas paixões...Sem ser repetitivo, PARABÉNS mais uma vez...Essas fotos não tem a qualidade daquelas que você capta por aí nos Eventos que participa...Amigos, vamos curtir, dar aquele "japinha" como ele pede e eu aqui endosso... Abração a todos... Lindo poster, linda matéria e as fotos...Bem as fotos na próxima prometo caprichar um pouco mais...Deus nos abençoe a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo prestígio de sempre! Amém, amém, amém!

      Excluir
  2. Desculpe dar aquele "joinha" esse corretor ortográfico nos prega peças kkkk

    ResponderExcluir
  3. Esse Fusca, para um carro de 41 anos que roda no dia a dia está até inteiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e por aqui ainda se acha bastante Fusca nesse estado.

      Excluir
    2. Ainda bem que a fama do interior de ter carros muito bons de lata se confirma até hoje, vai ver é por isso que tem tanta gente que sai daqui e vai comprar carros ai.

      Excluir
    3. Sim. Eu mesmo se morasse em SP continuaria procurando Fuscas daqui.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!