Ignição eletrônica no distribuidor original

sábado, 28 de outubro de 2017

Fusca 1972: As marcas do tempo unidas ao requinte

Quando alguém nos aponta um carro e afirma dizendo que ele é original, muitas vezes as nossas dúvidas estão nas suas peças acessórios ou características, vendo o conceito de original somente em algo que condiz com o padrão de fábrica. A grande realidade é que um carro de fato original acaba trazendo marcas do tempo como essas presentes no exemplar do post de hoje, que evidenciam muito do que o carrinho passou ao longo das décadas. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Nos mais de 800 posts aqui no blog eu já tive o privilégio de mostrar muitos Fuscas (e tem mais um para aparecer amanhã) nos mais diversos estados e estilos. Dentre eles, eu já mostrei carros muito originais que mantém suas características de fábrica e aqueles que seguem todo o padrão original que lhes foi"reposto" após um processo de restauração. Carros originais podem ter alguns detalhes que evidenciem o quanto as peças de fábrica foram fiéis ao conjunto mesmo após algum desgaste. O carro do post de hoje expressa da melhor maneira possível tudo isso.
O vídeo que você verá ao final do post foi postado pelo canal do Youtube Well's Garage. Há pouco tempo atrás eu publiquei um vídeo de um Fusca Itamar da mesma loja, e os carros que eles comercializam são sempre muito interessantes. Desta vez, a loja apresenta um belíssimo Fuscão 1500 1972 na rara cor Laranja Monza, exemplar este que conta com muitos detalhes originais e acessórios de época (como os batentes de parachoque, a "dentadura de baiano" dentre outros) que o tornam um carro muito interessante. Particularmente falando, se eu comprasse este carrinho poucas intervenções faria nele, visto que a pintura com aqueles pequenos detalhes só valoriza a história do carro. Os parafusos nos forros internos é algo absurdamente comum na grande maioria dos carros antigos, sinal de que este carro já passou por algumas empresas de acessórios que viram a prática como uma "solução" ao problema dos forros soltando.
Veja:


4 comentários:

  1. Eu jamais mandaria esse Fusca para a pintura, tem gente que daria um rim para ter um Fusca desse jeitinho mesmo, conservado, mas com marcas do tempo, mexer naquele jacarandá do painel mesmo estando rachado é perda de tempo, pois nunca a réplica será como o original de fábrica, perfeito esse Fuscão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso exatamente da mesma forma. Endosso suas palavras!

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!