quarta-feira, 29 de março de 2017

Dupla carburação Solex 40 no motor 1500

Hoje é mais um dia de você ver um motor muito feroz com uma solução bastante interessante de performance. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos, fáceis e descomplicados. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você se inscreva no meu canal do Youtube, onde aparecerão muitas novidades em um futuro muito breve. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com uma grande admiração pelo vasto universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
A grande verdade é que eu já conhecia esses dois vídeos que postarei para vocês hoje. No entanto, eu os vi há alguns meses no grupo "Somos todos Rastrelo" do Facebook mas acabei não salvando o link para que eu pudesse postar. No entanto, hoje em um breve pesquisada no Youtube felizmente encontrei essas duas maravilhas para que vocês possam admirar.
Muitas vezes os colecionadores de carros clássicos ou até mesmo os proprietários de carros antigos que rodam pouco encontram alguns problemas nos seus veículos como a irregularidade do funcionamento do motor. Na grande maioria desses casos, o principal causador desse comportamento é o carburador (ou os carburadores) que, por não operar sempre, acaba juntando sujeira nas passagens de ar e/ou combustível causando instabilidade na marcha lenta, por exemplo. Por esse motivo, além de rodar com o carro sempre que se pode é interessante sempre manter a regulagem ideal do conjunto.
Como vocês já sabem, eu sempre fui um grande admirador da dupla carburação. Esse sistema montado em um motor boxer se bem regulado sempre trará a melhor relação entre consumo e desempenho, e a explicação para isso é muito simples: Com os carburadores montados em posição estratégica (como na dupla), os cilindros sempre são alimentados por igual e de maneira bem conveniente.
Se você pretende montar uma dupla no seu VW a ar, não vá pensando que é só montar os carburadores e dar partida para que seu carro funcione bem. Além da equalização, o acerto na giclagem faz-se mais que necessário para que seu clássico assuste os carros desse século. Além das Weber 40 e da tradicional dupla Solex 32 (que saiu de fábrica nos Fuscas e outros VW), também há uma solução muito legal para esses motores que tanto gostamos: As Solex 40. Esses carburadores que serviram e continuam servindo muitos Opalas, ficam uma verdadeira maravilha trabalhando em dupla em um motor VW a ar. Uma prova disso são as Pumas, que em diversas épocas e modelos contaram com essa configuração de fábrica. Três carros que nós já conhecemos aqui no blog e eu sei que andam muito contam com essa dupla: O Fusca 1973 do Pedrinho, a Variant do Fernando, do canal #FuscaFilmador e o Gol BX do Paulo Fernando, que ainda conta com duas borboletas de 44mm.
Se eu falar dessa carburação para vocês somente da aplicação em motores 1600 ou de maior cilindrada, você pode até pensar que motores menores não teriam condições de receber tais carburadores. Pois bem, os vídeos de hoje provam o contrário mostrando um belíssimo motor 1500 com os cabeçotes originais de entradas simples roncando lindamente com essa dupla. Os coletores de admissão são os mesmos utilizados por algumas Pumas (fabricados pela Kadron) que tinham esses cabeçotes. O Carlos, que postou esse vídeo no Youtube, deixou a giclagem de presente para quem quiser fazer o mesmo ou ter um ponto de referência para começar: Giclê principal 150, de lenta 47,5, injetor 60 e venturi 30 (ele até pode parecer grande, mas é para suprir a eventual limitação que se pode ter em um cabeçote de entrada simples).
Eu particularmente não gosto de marcha lenta abaixo de 750, 800 rpm, mas esse carro nos 500 rpm ficou com um ronco bem legal.
Veja:





8 comentários:

  1. Recomendo a A.J. Carburadores pra quem deseja ter uma Carburação dessas e com o up grade das Borboletas 44mm que só eles fazem com perfeição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Paulo Fernando! É sempre um prazer tê-lo por aqui. Sem dúvidas a AJ Carburadores é a melhor empresa voltada a carburadores do Brasil na atualidade.

      Excluir
  2. No vídeo dá a impressão que o Fusca tem 5 marchas, inclusive como eu tenho o Carlos no meu Facebook e agora vi esse vídeo dele no You tube, fui até a página dele e perguntei se o câmbio do Fusca dele é aqueles que o pessoal fabrica de 5 marchas para Fuscas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A terceira me parece bem longa. Deve ser um 8x33 ou 8x31.

      Excluir
    2. O Carlos me respondeu no vídeo dele, o câmbio é 8 X 33 mesmo, original do Fuscão.

      Excluir
    3. A relação 8x33 para mim é uma das mais acertadas quando falamos de carros com melhorias voltadas ao desempenho. Ainda que a 8x31 seja interessante, eu curto muito o escalonamento das marchas nos 8x33.

      Excluir
    4. Eu também acho a 8 X 33 a melhor delas, a 8 X 31 embora deixe o carro com mais velocidade final, na arrancada ele fica meio "chocho".

      Excluir
    5. Exato. Para mim uma retomada legal e um torque interessante são muito mais importantes que a velocidade final.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!