sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Nada como um dia após o outro

É, com certeza esse simpático carrinho era a melhor opção de post que eu tenho para fechar essa semana. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões para curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog basta ter uma conta do Google, coisa que todos nós temos hoje em dia. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e que mais pessoas possam conhecer a página.
Toda vez que alguém curte ou tem afinidade por alguma coisa, é muito comum a pessoa "fotografar" na mente algum fato rotineiro da sua vida que seja relacionado com com a sua paixão. Pois bem, com certeza se você está prestigiando esse post, deve gostar de carros antigos. Sendo assim, com certeza você já deve ter notado algum carro antigo que tenha aparecido com frequência no seu cotidiano. O carro que aparece hoje no blog se encaixa exatamente nessas características.
As fotos que aparecem ao final do post foram tiradas nos dias 14 e 15 de fevereiro. Talvez nesses quase 600 posts eu nunca tenha escrito algum post parecido, com fotos tiradas em dias diferentes. A história dessas fotos é a seguinte: No dia 14 eu tive um compromisso pela manhã e, voltando dele, notei que em meio à uma rua calma da Zona Sul de Sorocaba (pertinho de casa) e misturado aos carros atuais (como a primeira foto mostra) tinha um Fusca muito bonito estacionado. Ainda que com muita pressa e correndo contra o relógio, peguei o telefone e tirei duas breves fotos com o sentimento de que poderia ter feito um material mais completo daquele carrinho tão íntegro. Ainda naquele momento, notei que o Fusca tinha um adesivo no vidro traseiro que dizia "Eu dirijo uma lenda", fazendo com que eu relacionasse aquele Fusca à um que eu sempre via quando voltava da faculdade, mas que nunca tinha fotografado (tenho quase certeza que é o mesmo carro). Se de fato for o mesmo carro, ele fica estacionado direto de frente à uma oficina que, aparentemente, atende muitos clássicos.
Quando eu falo que em todos os lugares há um Fusca, no outro dia eu tinha um compromisso no mesmo local, porém ainda mais cedo. Indo para lá, ao passar no local do flagra do dia anterior, lá estava o Fusca novamente, porém do outro lado da vida. Com essa oportunidade, tirei mais algumas fotos do carro para completar o post que você está lendo agora.
O Fusca é um 1300L 1975 aparentemente bege alabastro. O carro tem a tapeçaria toda original assim como vários detalhes de época, como o suporte de placa dianteira. Além disso, foram colocadas as belíssimas calotas cromadas do Fuscão, que trouxeram um ar ainda mais clássico à esse carrinho tão simpático.
Assim que eu tiver oportunidade, vou parar na oficina onde esse carro (ou outro Fusca muito parecido) fica estacionado e constatar se de fato é a mesma joia e claro, postarei aqui.
Veja:






7 comentários:

  1. Dá pra ver que o dono cuida bem desse Fusca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo pouco que vi, ele estava muito limpo por dentro. Hoje passei na frente da oficina que citei no post mas o Fusca não estava parado na frente. Vamos ver se na semana que vem dou sorte.

      Excluir
    2. Acredito que não será difícil encontra-lo.

      Excluir
    3. Se ele aparecer novamente no mesmo lugar, vou deixar um bilhete para o dono, já que o "profissional" da gráfica ainda não me enviou sequer a arte dos cartões de visita do blog que pretendo fazer.

      Excluir
    4. Prestador de serviço no Brasil é enrolado...

      Excluir
    5. Se eu falar que vou fazer com outra gráfica, resolve-se rapidinho...kkkk

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!