sábado, 14 de janeiro de 2017

Procedimento de troca das lâmpadas do Fusca

Muito provavelmente após ler esse post você irá até o seu carro dar aquela conferidinha rápida para ver se não há nenhuma lâmpada queimada. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um novo post todo dia. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita e, clicando neles, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis.
O post de hoje veio na minha cabeça após um momento "prático" com a elétrica do Fusca que aconteceu comigo. Essa semana infelizmente eu fui obrigado a fazer uma viagem as pressas, devido ao falecimento de minha avó. Nos dois tristes dias que passei na cidade em que ela morava, eu fui muitíssimo bem recebido numa casa de uma prima que eu tenho muito apreço. Esta minha prima, após todo o funeral e toda aquela situação que sempre buscamos não passar na vida, me pediu um favor: Ela pediu para que eu trocasse para ela uma lâmpada do farol do Fusca 1972 dela. Como ela já havia comprado a lâmpada e eu sempre ando com uma boa caixa de ferramentas no carro, não exitei em fazer esse breve reparo para ela. Eu, particularmente nunca havia trocado nenhuma lâmpada de Fusca na vida, mas de todos os carros daqui de casa eu geralmente faço. Como é um reparo bem simples e muito parecido em todos os carros, parei na garagem dela e troquei a lâmpada.
Depois de fazer a troca, eu fiquei pensando que muitas pessoas que tem carro, dirigem ou que tem um contato frequente com automóveis, muitas vezes não tem a menor noção de elétrica e podem ter dúvidas ao fazer um reparo desse numa situação de emergência, por exemplo. Por esse motivo, fui atrás de um breve material que mostra como é feita a troca de todas as lâmpadas do Fusca (exceto a da luz de cortesia, mas isso é assunto para outro post), desde as do farol até as pequenas lâmpadas do painel. Como em quase tudo no Fusca, isso é algo muito simples de ser feito e demanda de poucas ferramentas, estas que muito provavelmente você tem em casa.
As imagens que aparecem ao final do post foram extraídas do manual do Fusca 1965, mas o procedimento para outros modelos geralmente é igual ou muito parecido. No caso da troca das lâmpadas dos faróis, algo que se pode fazer a fim de facilitar as trocas futuras é a instalação de um soquete único para a lâmpada (caso o seu Fusca ainda não tenha) nos Fuscas que você tem apenas os fios com os terminais para se encaixar na lâmpada. Mas ambas as configurações funcionam com um alto nível de confiabilidade.
A questão da funcionalidade das lâmpadas não deve ser levada à risca pelo fato de uma lâmpada queimada gerar uma multa, mas sim pela segurança que se tem com um carro tendo seu sistema elétrico totalmente operacional.
Veja:



3 comentários:

  1. Essa da regulagem de altura do facho de luz eu não sabia e olha que faz tempo que leio coisas sobre Fuscas e sinto muito pela sua avó.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, meu amigo. Quanto aos parafusos de regulagem, eu até os vi quando troquei a lâmpada, mas pensei que fosse a fixação de algo. Vivendo e aprendendo...hehehe

      Excluir
    2. Eu também pensei que fosse mais um parafuso para fixar o farol.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!