sábado, 21 de janeiro de 2017

Encontro Garagem das Carangas - Dia Nacional do Fusca 2017

Talvez nesses cinco anos de existência do blog este seja um dos posts mais completos, se não o mais completo. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que tem posts novos todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Clicando neles você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para o crescimento da página.
Como vocês sabem e muito provavelmente já viram, há uma semana atrás eu tive a oportunidade de registrar e postar aqui o primeiro evento do ano, o Encontro de Antigos do Pátio Cianê, aqui em Sorocaba. Naquela ocasião, eu escrevi o post, a galera acessou e eu houve, mais uma vez, aquela interação mais do que saudável nos comentários. Durante a semana, eu recebi um convite do Silvio Caranguinha (Além do Caco, que vocês já conhecem os belíssimos Fuscas que ele possui) para comparecer à um evento no dia de hoje, o Garagem das Carangas em uma edição especial em virtude do Dia Nacional do Fusca, celebrado ontem. Sabendo disso, organizei-me para ir até o local nessa manhã mas não esperava um dia tão interessante como este sábado foi.
Ao acordar pela manhã, eu abri a janela e vi um clima um tanto nublado e fechado. Acreditei eu que diante dessas condições climáticas muitos amigos donos de clássicos não estariam dispostos a levarem seus carros. Felizmente eu me enganei. Ao tirar o Sentra da garagem para ir ao evento, eu ouvi um grande número de buzinas sendo acionadas e até sirenes. Ao olhar no retrovisor, já estacionado na rua, vejo uma carreatada formada apenas por VW a ar rumo ao local do evento. Confesso eu que nem sabia da carreata, mas dei uma aceleradinha para acompanhar.
Chegando ao local do evento (na verdade antes eu errei o local pois passei a carreata no objetivo de achar alguma vaga para estacionar), meu pai e eu fomos muito bem recebidos e pudemos tirar fotos de belos carros. Por incrível que pareça, eu não vi quase nenhum amigo dos outros encontros por lá, ainda que eu tenha visto os carros estacionados. Durante o evento, eu tive uma surpresa que vocês verão nas fotos.
Desta vez, além de mim eu tinha um outro fotógrafo que é o autor de diversas imagens que aparecem abaixo: Meu pai. As fotos vão na ordem do evento, mesclando entre fotos minhas e dele.
Veja:

Este foi o momento que comecei a fotografar a carreata que passava por uma das vias mais importantes de Sorocaba: A Av. Dom Aguirre.









Daí surgiu a ideia de meu pai (que aparece de camisa amarela) e eu pararmos em um ponto do trajeto para fotografarmos todos os carros.




Fusca do Caco, que já apareceu aqui semana passada.






Se você leu o post do último encontro e alguns outros de antes, com certeza vocês conhecem esse Fusca que aparece nas fotos. Há mais detalhes dele nas próximas fotos.


















Fusca verde do Roberval, também nosso velho conhecido.













Fuscão 1500 do Léo, que nós já conhecemos aqui também. Este foi um clássico montado com extremo bom gosto.




























































A primeira surpresa que eu tive hoje e que conto a todos vocês com todo o prazer foi essa. Ao chegar no evento, meu pai intermediou (de uma hora para outra, enquanto eu fotografava os primeiros carros) uma entrevista para mim sem eu saber. Nessa ocasião, eu tive o grande prazer de ser entrevistado pelo programa TVR Auto, da emissora TVR daqui de Sorocaba, o canal 23 da NET. Na próxima semana, a reportagem do evento com a minha entrevista entrará no ar e claro: Ela estará aqui para vocês assistirem. Quero agradecer mais uma vez à TVR por toda a receptividade que me deram durante a gravação. Com certeza esse é mais um grande passo para o crescimento do blog.

Entrada do evento com as bancas.







Aí está mais um Fusca que já nos é velho conhecido aqui no blog.







Eu como um admirador assumido de todos os Fuscas da década de 60, confesso que fiquei por alguns minutos olhando bastante esse clássico que está muito íntegro e original.






Fusca do Caco novamente.






Sim, muito provavelmente você conhece esse Fusca. Na semana passada, eu disse que tinha 90% de certeza que o simpático Fusca 1962 que fotografei no Pátio Cianê tinha sido o clássico que viajou até Natal/RN no projeto "De Miliduke por aí" e eu estava certo. Hoje eu tive o prazer de conhecer todos os envolvidos no projeto assim como o Fusca com mais detalhes, inclusive algo que eu nunca tinha visto pessoalmente que é um motor 1200 com dupla carburação montado com muito capricho.



Fuscão 1500 do Léo novamente.








Este evento também me proporcionou a oportunidade de fotografar alguns veículos nunca mostrados (em flagras ou encontros) no blog, como esse Fusca Itamar Série Ouro, um dos últimos 1500 Fuscas fabricados no Brasil.













Fusca 1965 do David, que já apareceu em diversos encontros.























Está aí mais um Fusca que eu gostei muito pelo alto nível de originalidade e diversas marcas do tempo. Fiquei pensando aqui quantos anos esse adesivo desta oficina não deve ter.





Fusca do Roberval novamente.











Fusca 1973 do Giba, que também já nos é velho conhecido. Infelizmente hoje eu só o vi operando o drone de longe.


As Pumas também marcaram presença nesse evento tão especial.








Este Fusca 1963 preto que vocês veem nas fotos pertence ao Valdir. Este Fusca é um dos diversos carros antigos que ele tem. Este clássico foi apelidado de "Aranha", visto ele ser o único Rat da coleção. Este clássico teve a sua estética alterada para lembrar o modelo Split dos anos 50. O clássico, que está com ele há 4 anos e que ele comprou e o mantém para curtir o passeio é dotado de muita personalidade, veneno (conta com um motor 1600 e um câmbio 8x31) e chama muita atenção por onde passa.






Meu pai que tirou essa foto em virtude do nome dele...hehehe











Camiseta do evento Garagem das Carangas, vestida no Sílvio, um dos organizadores do evento.

Nesta ocasião, eu tive o prazer de conhecer o Sílvio, um dos responsáveis pelo evento. Na foto, estão Sílvio e o Sílvio Caranguinha, respectivamente. Numa conversa muito legal com ele, eu obtive muitas informações muito bacanas de se compartilhar. Este evento nasceu de 6 amigos que se reuniam por causa de seus carros, e o evento cresceu até a dimensão que está hoje. Este evento ocorre de sábado a cada 15 dias no estacionamento de frente ao Fórum Cível de Sorocaba (próximo ao Paço Municipal). Eu pretendo voltar mais vezes e fotografar os clássicos que aparecem por lá também. Este é mais um evento que prega a diversidade no antigomobilismo, o que é mais do que saudável.
Os meus agradecimentos de hoje são para muita gente, então me perdoem se eu esquecer o nome de alguém. Quero agradecer ao Caco, que me convidou para o evento, ao Sílvio e ao Sílvio Caranguinha por toda a receptividade, à toda a equipe do TVR Auto que cedeu espaço para que eu pudesse divulgar o blog no meio televisivo, aos proprietários dos clássicos que prestigiaram o evento e que permitiram que estes fossem fotografados por mim e claro, a você por estar prestigiando o post de hoje. Se você é novo aqui, seja bem vindo e volte sempre.
Muito obrigado a todos!




7 comentários:

  1. Parabéns pelo trabalho do amigo Jordan e para todos os Fusqueiros

    ResponderExcluir
  2. Show de bola o evento e pelo que vi, veio até pessoal daqui de São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha muito Fusca com placa de fora e que nunca havia aparecido nos encontros daqui. O evento foi bastante divulgado e acredito que foi por isso que bastante gente de fora veio. Quanto as fotos, tem mais coisa por vir ainda desse evento...hehehe

      Excluir
  3. Que belíssimo evento,Que pena que não consegui ir estava trabalhando. Parabéns pelo trabalho, lindas fotos. É bom saber que ainda existe muitos apaixonado por esse carro....
    Vc sabe mais ou menos quandos Fuscas tinha lá no evento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A legião de apaixonados por Fusca nunca irá morrer. O Fusca é um carro apaixonante! Cara, eu não sei te precisar o número de carros, mas a "Fusqueata" tinha aproximadamente 1km de extensão cheio de Fuscas interessantes...

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!