quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Uma fábrica de sonhos

Você pode ter certeza de que esse post foi originado de um outro em que "pincelei" a realização de sonhos quando se envolve o antigomobilismo. Se você está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também, desta maneira você fica sabendo de tudo o que rola aqui na página, visto que tem post todo dia. São dois cliques rápidos, fáceis e descomplicados. Tá tudo aqui a sua direita.
Existe um conceito que eu ouço dos meus pais desde que eu era criança que, acredito eu, é a mais pura verdade: Ninguém consegue ser 100% igual a outra pessoa, principalmente na linha de pensamento. Pode haver um grupo de pessoas que pense muito parecido, mas nunca estes pensarão igual. Por esse motivo é que, com base naquilo que aprendi desde pequeno, costumo dizer que as ideias brigam, mas as pessoas não. Estou falando rapidamente disso pelo fato de que muitas vezes a diferença no pensamento de uma pessoa para outra pode estar em seus sonhos, seja no que consistem ou até mesmo nas suas dimensões.
Um sonho pode ser ou estar muito distante, da mesma maneira que pode estar mais próximo do que você imagina. Saiba, todos os sonhos que temos podem estar muito mais perto do que podemos enxergar, cabendo a nós somente batalhar para que estes se tornem realidade.
No tema que esse blog abrange, com certeza o sonho da grande maioria dos seguidores é comprar um antigo, um exemplar em questão, restaurar seu clássico, montar um motor conforme os sonhos, ir até um lugar longe a bordo de seu antigo...enfim, existem tantas possibilidades que eu poderia ficar falando aqui e este post ficar pra lá de extenso. Pois bem, a foto que aparece ao final do post é de uma fábrica de sonhos, ou pelo menos do "alicerce" deles. Se há pelo menos 20 ou 30 esses carros clássicos maravilhosos que tratamos aqui no blog não tivessem sido fabricados, nós não estaríamos alimentando sonhos tão bonitos hoje.
A foto que aparece ao final do post é de um páteo da VW, possivelmente de alguma concessionária. Esta foto foi tirada, provavelmente, entre o final dos anos 60 e o início dos anos 70. Na foto, há uma bela frota de VW 1600, o "Zé do Caixão".
Veja:


5 comentários:

  1. Eu ainda tive a felicidade de ver uns poucos Fuscas zero km na minha infância, lembro do meu vizinho tirando da garagem dele na época um Fusca 86 cinza e daquele barulho "redondinho" que o Fusca fazia quando ainda era novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E hoje em dia está super difícil de se ver um Fusca dessa época em bom estado rodando por aí...

      Excluir
    2. Principalmente Fuscas 1983 1300 a álcool que não tenham sido convertidos para gasolina, ou para 1600.

      Excluir
    3. 1300 a álcool já se tornou bem raro há um bom tempo, infelizmente.

      Excluir
    4. Mercado Livre e OLX ainda se encontram alguns, inclusive pré 83, uma vez achei um standard que devia ser 80 com motor 1300 a álcool.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!