domingo, 18 de dezembro de 2016

Um pedacinho de 1996 vinte anos depois

Com certeza sempre vale a pena ver um exemplar tão bonito como esse com um grau de conservação tão elevado. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há uma publicação nova todos os dias. É rápido, fácil e descomplicado. Os botões estão aqui a sua direita.
Quando eu tenho a oportunidade de conversar com as pessoas nos encontros, com os proprietários dos carros que tiro foto ou qualquer outra pessoa que goste de antigomobilismo e já conheça o blog, eu sempre digo que existem alguns VW a ar que aparecem raramente por aqui. Seja pela raridade, por ironia do destino ou até mesmo por eu nunca ter conseguido fazer um flagra com êxito. Muitos desses carros aparecem em encontros e olha lá, ou seja, dificilmente vemos alguns modelos por aqui.
Ainda que seja um modelo ainda fácil de ser achado, um clássico que raramente aparece aqui é o Fusca Itamar. Para quem não sabe, os Fuscas Itamar são aqueles que foram produzidos de 1993 e 1996, os últimos fabricados no Brasil. Em seu último ano, houveram até os Itamar Série Ouro, que contavam com acessórios únicos. Esses carros marcaram a época da retomada da produção do Fusca (que havia sido interrompida em 1986) a pedido do então Presidente da República Itamar Franco. Esses carros contavam com diversas melhorias em relação aos Fuscas mais antigos, seja no acabamento, na mecânica (que é praticamente a mesma em relação ao modelo 1986: 1600, dupla carburação, prisioneiros de 8mm, etc) e diversos outros fatores.
O vídeo que aparece ao final do post conta com um belíssimo exemplar de um Fusca Itamar 1996, o último ano de produção do Fusca no Brasil. O exemplar em questão é vermelho e conta com apenas 35.000 km originais. Aparentemente é um carro muito íntegro e bem conservado. Ainda que eu seja um grande apaixonado pelos modelos dos anos 60 e um grande admirador dos modelos dos anos 70, os Itamar com certeza são carros pra lá de interessantes.
Veja:



3 comentários:

  1. O grande pecado foi a Volks não ter posto a injeção eletrônica nos "Itamar", isso com certeza daria uma sobrevida ao modelo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! A injeção da Kombi cairia muito bem.

      Excluir
    2. Principalmente nos modelos a álcool.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!