domingo, 4 de dezembro de 2016

O comparativo entre três motores preparados

Se você gosta de desempenho e de ronco de motores VW a ar com certeza vai adorar esse post. Se você já está me dando a honra da visita, não se esqueça também de me conceder o prestígio de dar o like na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira você fica sabendo de tudo o que rola na página, já que temos conteúdos todos os dias. Os dois cliques estão fáceis aqui a sua direita.
Quando eu assisti a esse vídeo não pensei duas vezes em postá-lo aqui assim que fosse possível. Com certeza o conteúdo que esse vídeo contém pode te ajudar a escolher (ou a montar) a sua receita de preparação para um motor que você esteja montando de forma que a sua visão diante dos projetos vá além dos números que eles expressam no dinamômetro.
Todas as vezes que alguém me pergunta ou comenta que quer montar um motor visando o desempenho e me pede uma recomendação de combinação de peças, eu sempre digo que depende muito do orçamento, do objetivo e acima de tudo, do desejo do dono do carro. Todos aqueles que montam motores, trabalham com retíficas, vendem peças e até mesmo aqueles que, como eu, tentam dar uma humilde força na busca do motor ideal para cada necessidade, trabalham em uma máquina de sonhos que são adquiridos por cada proprietário apaixonado pelo seu carro. Pois bem, nesse vídeo aparecem três sonhos realizados em matéria de motor Boxer.
No vídeo, são testados três Fuscas bem distintos porém com três propostas diferentes no ramo da preparação: Um motor 1600 com dupla Weber (na verdade, as réplicas fabricadas pela EMPI hoje em dia, que são uma excelente alternativa às italianas, geralmente difíceis de serem encontradas no Brasil), um 1900 com a mesma carburação, mas com um maravilhoso escapamento de inox (que me agrada bastante nessa proposta), e um motor pra lá de nervoso 2100cc com injeção programável Fueltech e muitos outros venenos. Vale ressaltar que, junto da carburação e dos respectivos kits de camisas, os motores também contam com comandos de maior graduação, balancins de maior levante e tantas outras melhorias.
O teste mostra o resultado prático de aceleração dos motores no dinamômetro. Dos mais de 500 posts publicados, com certeza esse é o primeiro que aborda esse tipo (muito preciso) de teste em motores para saber, exatamente, sua potência. Todos os motores foram montados pela empresa Concept Car.
Veja:


4 comentários:

  1. Na verdade eu só ouvi o ronco dos motores, uma verdadeira sinfonia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvidas, um melhor que o outro. Eu, como sempre digo, adoro o ronco do escapamento original, mas esses dimensionados ficam muito bacanas.

      Excluir
    2. É quando o Fusca se aproxima mais do primo Porsche.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!