terça-feira, 4 de outubro de 2016

VW a ar no exterior: Aquilo que se vê na rua

Talvez eu nunca tenha escrito um post sobre isso ou até mesmo abordando um tema parecido. Estava pensando nisso hoje e resolvi "passar na frente" dos conteúdos visto que é um tema que pode ser muito discutido.
Geralmente nós dizemos que o nosso país é muito diferente das grandes potências mundiais. E de fato é. Em muitos setores, o Brasil é muito atrasado e acaba recebendo avanços muito depois de grandes países ou até caminha em sentido contrário. No entanto, muitas coisas, ainda que nas devidas proporções, nós temos em comum com as grandes potências mundiais.
Se eu escrevesse um post aqui que tratasse do que vemos no trânsito no Brasil se tratando de modelos, eu poderia afirmar com toda a certeza do mundo que ainda existem muitos Fuscas rodando. É impossível sair de casa em qualquer lugar desse país e não ver um Fusquinha rodando ou estacionado em algum lugar. Esse fato se deve a durabilidade de um carrinho que conquistou o país e que gerou uma legião de apaixonados no mundo. Possivelmente você, assim como eu, adora esses carrinhos.
Pensando nisso, eu resolvi pesquisar sobre o tema que trata o post de hoje: Ainda existem muitos VW a ar rodando no exterior? Eu já imaginava que em quase todos os países eu iria obter imagens de Fuscas rodando, mas me surpreendi pela quantidade deles. É claro que na grande maioria deles com certeza se tem menos carrinhos como esses rodando, mas mesmo assim os números me parecem muito expressivos.
Nas fotos, tentei selecionar muitos Fuscas do exterior que estavam estacionados nas ruas. Por esse motivo, aparecem muitos carros usuais, com muitas marcas do tempo. Nas fotos, aparecem Beetles 1302, 1303 e até algumas configurações conversíveis. O Beetle 1303 em especial é um modelo que me agrada bastante, e que tive a oportunidade de ver no trânsito uma vez, há alguns anos atrás.
Com certeza as diferenças na maioria das fotos em relação aos nossos modelos é mais do que notável.
Veja:

 



















6 comentários:

  1. Me acostumei com nossos Fuscas, cujos para brisas são planos e menores, conferindo maior beleza ao carrinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem inúmeras diferenças, caro Massad. Geralmente a primeira impressão que se tem pode ser de estranhar as mudanças drásticas.
      Com certeza eu prefiro os modelos nacionais, mas um Beetle desse pra mim não cairia nada mal...hehehe

      Excluir
    2. Ainda existem alguns modelos africanos que são verdadeiros "Franksteins" que são aqueles que têm rodas de cinco furos, frente e painel do 1303, mas suspensão dianteira por barras de torção, igual aos "nossos" Fuscas, mas se eu não me engano, essas características só saíram lá nos Fuscas 1974/1975, ou 1975/1976, não tenho certeza, sei que foi por um desses anos ai.

      Excluir
    3. Entender o porque dessa "mistura" feita pela VW lá naquela época é que é difícil. Ao menos que o custo justificasse.

      Excluir
    4. Foi exatamente por isso Kanduxo... custo.

      Excluir
    5. Devia refletir de forma significativa no preço final, creio.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!