quarta-feira, 7 de setembro de 2016

O mundo colorido mostrado em preto e branco

Eu tenho toda a certeza que o título desse post poderia servir como legenda dessa bela foto que trago para vocês hoje.
Falar sobre algo que já passou por ser muito simples, muito difícil, muito feliz, muito triste, muito emocionante, muito divertido e tantas outras coisas mais. Quando vamos falar de algo passado que não pôde ter sido documentado, com certeza fica muito difícil alguém que não viveu o fato ter o mesmo sentimento do narrador ao ouvir a história. No entanto, toda vez que um fato antigo é, de alguma forma, documentado, todos àqueles que tiverem a oportunidade de ver uma foto, ouvir uma gravação, observar um objeto vindo do dia ou qualquer outra lembrança poderão entender e discutir muito melhor sobre algo que já passou.
A foto que aparece ao final do post veio diretamente dos anos 60. No final dos anos 60 minha mãe nascia, e meu pai preparava-se para se mudar do interior rumo a capital, com o objetivo de ter uma vida melhor, ou seja, eu não estava nem no projeto. Porém, como uma imagem muitas vezes vale mais do que mil palavras, ao observar essa imagem que fisicamente e visualmente se ausenta de cor, posso ativar minha imaginação e observação para entender tudo aquilo que ocorria e como ocorria naquela época.
Como vocês podem notar, essa foto foi tirada em São Paulo, minha cidade natal. Para quem não conhece, ou até mesmo é um paulistano que possa vir a não ter se familiarizado com o local, o viaduto que aparece lá ao fundo é o Viaduto Santa Efigênia, um dos locais mais importantes do antigo centro de São Paulo e que marcou, marca e marcará a vida de muita gente que passou, passa e passará por aquela região.
Na imagem dá para se notar que, mesmo há mais ou menos 50 anos, a capital já era super movimentada, com um grande fluxo de carros. Kombis, Fuscas, Corcel I (todos, ou quase todos quatro portas) Aero Willys e DKW's dominavam as ruas. A mistura entre modelos das mais diversas categorias era muito grande, mas sempre com o Fusca sendo a maioria nas ruas.
Esta imagem me dá margem para reiterar algo que já disse em posts dessa natureza: Essa foto é de uma época onde tudo era mais colorido, ainda que registrada das cores preta e branca.
Veja:

 

3 comentários:

  1. Cara, além é claro, de curtir todas os posts aqui, simplesmente porque falam de VW's a ar, eu admiro como tu expressa muito bem oque quer dizer de uma forma simples e objetiva.
    Sigo acompanhando. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço, meu caro Gelson! É como eu sempre digo para as pessoas quando digo que tenho esse blog: Eu tento escrever ou tocar um blog sobre VW a ar que falasse de uma maneira que eu gostaria de ver ou que atenda as expectativas das pessoas. Nem sempre acontece isso, mas a gente sempre tenta...hehe
      Obrigado pela assiduidade!

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!