sábado, 10 de setembro de 2016

Algumas viaturas de antigamente

Se você é, assim como eu, um grande admirador de carros clássicos de uma maneira geral, com certeza você vai adorar esse post.
Há dois dias eu postei aqui as fotos de um Fusca 1977 um tanto simpático, que foi um flagra feito por uma pessoa um tanto especial para mim, meu pai. Naquele dia em que ele fez este simpático flagra, a câmera do telefone dele acabou produzindo conteúdos excelentes para alguns posts daqui. Esse daqui é apenas parte do conteúdo que também gerará outros posts que aparecerão nos próximos dias.
Como todos nós sabemos, o Fusca foi um dos carros mais versáteis já produzidos no Brasil. Fusquinhas foram usados para quase tudo, por quase todo tipo de pessoa e necessidade. Nas décadas de 60, 70 e 80, o Fusca foi, na grande maioria dos anos, o carro popular mais vendido no país. Pela facilidade de manutenção, revenda e tantos outros fatores, o Fusquinha foi o carro que melhor se adequou às mais diversas necessidades do brasileiro.
Carro de pai de família, carro da esposa, táxi, carro de auto escola, carro de prestador de serviços, carro de frota pública, viatura...O Fusquinha foi utilizado em muitas funções durante esses anos. Hoje, em especial, quero mostrar a vocês algumas fotos que trazem um pedaço do passado quando se trata da frota de viaturas que tínhamos há décadas atrás.
Essas fotos que, como disse, vieram de uma nobre contribuição, foram tiradas na Academia da Polícia Civil de São Paulo, bem no hall de entrada. Logo que se adentra às instalações da Acadepol, nos deparamos com essas joias que aparecem nas fotos abaixo.
Fuscas, Dodge, Variant, Kombi, Veraneio e Jeep Willys foram modelos que um diz fizeram parte da frota de viaturas da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Como eu já citei em um post mais antigo, os Fuscas que eram viaturas foram carinhosamente apelidados de "baratinhas", devido à cor preta e a agilidade que tinham no trânsito. Para os amantes de motos, em uma das fotos aparece uma belíssima Honda CB400, moto lendária dos anos 80 que também integrou essa frota que hoje nos traz momentos de pura nostalgia.
Preparem os babadores e protejam os teclados, pois você voltará no tempo ao ver essas fotos!!






















Quero agradecer ao meu pai por, mais uma vez, tirar essas fotos e contribuir com a página!
 

7 comentários:

  1. Filho Amado, eu que agradeço pela sua gratidão, a mesma que tenho é devo eternamente à Deus, por ter o privilégio de tê-lo como Filho...quando posso, dou uma contribuição, ainda que seja mínima, ínfima, mas com.um valor intrínseco imensurável...Bela postagem, com sua marca de causar sempre perplexidade, humildade e demonstração de Sabedoria... Você é o meu orgulho e sempre será minha maior razão de vida..bjs te amo Filhão. Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor que o conteúdo e contribuição do post, sempre será o seu comentário. Se tem algo de bom no post, com certeza foi puxado de ti. Beeeijo!

      Excluir
  2. Se for o museu que estou pensando, ele deve ficar dentro da Cidade Universitária no USP, ou seja, é o Museu de Criminologia da Policia Civil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, é lá mesmo na Cidade Universitária!

      Excluir
    2. Na época da minha "facul" meu professor de Direito Penal falava muito nesse museu.

      Excluir
  3. Esse post me despertou umas lembranças de quando eu erra piazinho, como falamos por aqui. Lembrei dos dois Fuscas táxi da minha cidade natal, um vermelho e um azul, o da Policia Civil preto e branco, o da Brigada Militar marrom e branco e uma Veraneio ambulância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É esse tipo de lembrança que é gostoso resgatar. Até uns 10 anos atrás, mais ou menos, lá no interior do RJ, terra da família da minha mãe, haviam alguns Fusquinhas que rodavam como táxis. Era nostalgia pura.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!