segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Vídeo: O resultado que duas Solex 40 proporcionam

Antes de começar a ler esse post, sugiro a você que se grude bem na cadeira, pois o conteúdo tem muita "arrancada", literalmente falando.
Por algumas vezes aqui eu já tive a oportunidade de escrever posts falando sobre mecânica de uma maneira geral, e vivo aprendendo até mesmo no momento em que digito aqui para vocês. Boa parte do conhecimento que vou agregando com o tempo tem vindo de uma ferramenta que, por muitas vezes acabou substituindo o tempo que eu usava para assistir TV, o Youtube. Nesses anos em que falo sobre VW a ar na internet, pude adquirir muitas amizades virtuais e até mesmo reais, muitas delas provenientes de canais no Youtube voltadas à manutenção automotiva.
Uma dessas amizades produtivas que nasceram de uma concordância nas preferências em matéria de automóveis foi o Paulo Fernando, que já nos é conhecido aqui no blog com seus vídeos que geralmente tratam sobre elétrica.
Ontem a noite eu ainda tinha dúvidas em relação ao que postar hoje, mas no Feed de notícias do meu Facebook eu vi que o Paulo Fernando havia atacado novamente, mas hoje falando de um universo da manutenção automotiva que também nos agrada muito além da elétrica, que é a mecânica propriamente dita. Desta vez, o Paulo nos leva de carona em seu Gol BX, que também já apareceu por aqui. 
Este Gol que pertence ao Paulo não é um exemplar qualquer. Ele é da primeira geração fabricada desse compacto que segue em linha até hoje, porém conservando ainda o fantástico e que, com certeza agrada a grande maioria dos donos de antigos, que é o motor refrigerado a ar, "emprestado" do Fusca nos primeiros anos de produção do Gol.
Nesse vídeo que aparece abaixo o Paulo Fernando resolveu nos levar para dar uma volta com o seu carro após um pequeno acerto feito na carburação, que até antes de ser concreto era apenas uma alternativa. O Gol dele é 1600 hoje, pois nasceu 1300 como os primeiros modelos, tem um comando de válvulas W110, aliado a tuchos otimizados como dita o sistema de modificações HVX, conhecimento deixado por Bob Hoover. Além disso, o carro tem parafusos esféricos para acionamento das válvulas, volante do motor aliviado e ignição eletrônica.
Como cereja do bolo, a carburação é composta de duas Solex 40 (Que eram usadas nas Pumas, por exemplo), com borboletas abertas em 44mm, mantendo a progressão original das bases, os giclês de lenta são 65 e o principal é 137,5.
Eu já disse algumas vezes que o Paulo é um dos cariocas mais simpáticos do Youtube. Além da dica do rolamento do "primário" do câmbio, o vídeo traz como de costume muita simpatia e intimismo, nos dando a impressão de estar batendo um papo com ele.
Vale assistir, com certeza. Se inscrevam no canal dele também.
Veja:




 

2 comentários:

Seu comentário é muito bem vindo!