quinta-feira, 28 de julho de 2016

Um verdinho por aí...

Hoje eu tinha um outro conteúdo para postar, aliás, muito próximo com o que acabou vindo "a calhar" com esse post. Para a data de hoje eu havia preparado um Fusquinha um tanto diferente e de muita peculiaridade, mas o conteúdo que aparece abaixo acabou "furando a fila".
Nesta tarde eu havia saído para resolver algumas coisas, o que é muito comum no nosso cotidiano. Ao chegar próximo de casa, resolvi mudar um pouco o caminho apenas para tornar a rotina um pouco diferente e também para me distrair um pouco. Ao olhar para o outro lado da rua em que caminhava, deparei-me com esse Fusquinha estacionado entre dois carros atuais.
Na correria, acabei não pegando a placa do carro para consultar o ano e dizer aqui para vocês, mas confesso, achei esse Fusquinha um tanto bacana. Geralmente eu passo ali próximo todos os dias mas nunca tinha o visto ali estacionado e nem nas imediações do local.
Esse simpático Fusquinha é mais um exemplar dos anos 60 (aliás, eles tem aparecido com muita frequência por aqui) que roda por aí. O carro tem uma aparência (pelo menos é o que se vê de longe) voltada a tendência RatLook, que consiste em deixar com que o tempo faça suas marcas no carro, mas que mecanicamente o exemplar esteja em perfeito estado. Além disso, a galera dos rat geralmente põe sua personalidade mais do que evidenciada nos carros, tornando um exemplar absurdamente diferente do outro, fazendo com que a diversidade entre Fusquinhas torne-se ainda maior. Eu particularmente gosto muito de carros originais, ou muito próximo da originalidade, mas curto bastante a iniciativa, ainda mais pelo fato de salvar muitos Fusquinhas (e outros clássicos) que poderiam estar esquecidos por aí.
A pintura aparenta ser um verde caribe um pouco castigado pelo tempo. Rodas vermelha com talas largas na traseira com calotas cromadas, suspensão rebaixada e outros detalhes o tornam um carro absolutamente autêntico. Embora não apareça na foto, o carro tem o brasão no friso do capô dianteiro, nos deixando uma possibilidade de intuir que o carro é de 1965 "para baixo".
O carrinho é bacana e torna o trânsito mais colorido juntamente com tantos clássicos que rodam por aí.
Veja:


Amanhã, sábado e possivelmente no domingo estarei fora, mas segunda feira volto a todo vapor falando novamente da nossa paixão, os VW a ar.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo!