segunda-feira, 4 de julho de 2016

Fusca 1972 do Wallace: Um carro excepcional!

Olha, eu estou fazendo esse post até um pouco mais cedo do que o habitual para que você não tenha problemas de insônia hoje a noite, pois o carro a ser mostrado hoje é um verdadeiro espetáculo sobre rodas.
Muitas vezes as pessoas que tem a pretensão de preparar um VW a ar tem inúmeras dúvidas em relação a o que usar, como montar, etc e tal. Esse post pode ser um belíssimo ponto de partida para suas ideias ou até mesmo um exemplo a ser seguido dependendo da tua proposta para o teu motor.
Quem vê um carro desses na rua jamais imagina que abaixo da tampa do motor existe tanta potência. Esse simpático Fuscão 1972 vermelho montana (uma das cores que mais agradam juntamente com o vermelho granada, azul diamante, branco lótus, verde caribe e algumas outras mais) tem capricho em algo que vai muito mais além de sua aparência externa. Todo esse ar clássico atrelado a muitas características originais (principalmente no interior jacarandá) é movido por um motor um tanto forte.
Mas, antes da obra, vamos falar de seu autor (ou ao menos dono): Esse belo exemplar pertence ao Wallace, que é proprietário há menos de um ano, onde ele teve a oportunidade de fazer toda a mecânica a seu gosto: A escolha foi a aquisição de uma carcaça (bloco) de motor nova no modelo "exportação", que tem as galerias de óleo mais largas em relação à carcaças mais antigas, possibilitando uma melhor lubrificação e atrelado à uma bomba de maior volume, uma maior vazão de óleo em todo o motor. A cilindrada escolhida também vai além do que tínhamos originalmente pela VW: O motor, antes 1500 tornou-se 1900 (Com pistões de 94mm, 1915cc para ser mais exato) conciliada com um comando de válvulas Eagle W120, possibilitando um maior levante de válvulas, ainda que com os balancins originais (que com um comando desses já dá e muito bem conta do recado) gera um ótimo rendimento ao carro. Além disso, o motor recebeu cabeçotes Paula Faria e todo um balanceamento nas partes móveis do motor (algo recomendado até para motores originais) além de um alívio de peso no volante do motor.
A parte da alimentação fica por conta de uma injeção programável FT 250, com corpo duplo de 40mm (Os corpos de borboleta são tão discretos que lembram ser carburadores), possibilitando ao Wallace determinar aos parâmetros da injeção o desempenho e comportamento que o carro deva ter.
A refrigeração conta com uma capela estilo Porsche, porém com a ventoinha como original do Fusca. Além disso, o Fusquinha também conta com um radiador de óleo externo (indispensável nesses motores maiores) e uma bomba de óleo de circulação externa (que é recomendada até em carros originais, principalmente com um filtro atrelado a bomba através de mangueiras ou integrado ao corpo da bomba). Outro detalhe estético neste motor é a correia Poly V (com tensionador) no alternador, fabricada pela Sportsystem. Toda essa obra de arte foi desenvolvida pelo Renato da Conceptcar Motores.
O escapamento é um 4x2 em inox com dois abafadores, o que dá um ronco único para o carro. Esse escapamento é igual ao do Fusca 1973 do Pedrinho, que apareceu no encontro do Pátio Cianê, porém o exemplar do Pedrinho, que eu me lembre, tinha o escapamento de material diferente, e não em inox.
A suspensão conta com uma catraca na dianteira, o que mantém o carro mais baixo em relação à altura original. Para casar com a altura e todo o projeto do carro, as rodas são réplica das lendárias rodas do Porsche 914, da EMPI.
Na estética o carro conta com diversos acessórios de época como os batentes nos parachoques e muitos outros detalhes. Para trocar de marchas mais precisas, foi instalada uma alavanca da EMPI de engate rápido. O interior segue o padrão original com alguns instrumentos com uma tendência esportiva sem perder o ar clássico. O painel conserva um rádio de época à mostra, mas conta com um CD Player escondido no porta-luvas.
As fotos do carro falam por si. Esse é um resultado de um trabalho realizado ao longo de quatro anos pelo Cacá Santos, o ex dono, e após a aquisição do Wallace a mecânica teve esse upgrade.
Melhor do que uma descrição desta joia, são as fotos. Apreciem e notem o requinte do trabalho feito nesse carro. Observem também o comparativo do antes x depois da parte mecânica.
O carro tem a proposta por meio de seu dono de encarar longas viagens junto com sua turma. Com certeza com esse capricho todo no Fusquinha de forma geral, esse carro não irá decepcionar.
É um carro simplesmente FANTÁSTICO!!
Preparem os babadores, protejam os teclados e se segurem nas cadeiras, pois tem muito estilo nas próximas quase 30 fotos abaixo!!






























Quero agradecer ao Wallace por ceder as fotos!!
Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.

5 comentários:

  1. Perfeito, ficou um Fusca mexido sem ter aquela cara de "carro de vileiro".

    ResponderExcluir
  2. Qual a medida de pneus esta utilizando?Ficou perfeitooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu não sei exatamente, mas contatarei o dono para saber!

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!