sexta-feira, 8 de julho de 2016

100 MIL VISITAS, muito obrigado! Fusca 1300 1974 - Plínio Neider

Com toda a certeza o dia 8 de julho de 2016 me marcará muito por essa conquista que vocês, amigos que acessam, me permitiram ter.
Já fazem praticamente 6 anos que escrevo (e aprendo a cada dia) sobre VW a ar na internet. Nesse endereço que escrevo hoje, já fazem quase cinco. E sim, parece que tudo foi ontem, que há pouquíssimo tempo eu postava as fotos que tirei no Salão do Automóvel de 2012 ou até mesmo os diversos flagras de Fusquinhas que já fiz ao longo desses poucos anos.
Neste tempo, como boa parte das pessoas sabem, esse blog ficou parado, sem novidade alguma, e desde o final de 2015 resolvi "ressuscitá-lo" com aproximadamente 69.000 acessos. E sim, nós aqui 9 meses depois celebramos, por meio deste post, a primeira centena de milhar no número de acessos da página. Desde que voltei a postar, compartilhei muitos links desse blog em muitos lugares, além do boca a boca por meio dos amigos, desta forma cheguei a esse número que imaginava eu só possível por volta do final do ano.
100.000 acessos podem parecer muito pouco diante de grandes sites que tratam de automobilismo e até mesmo para alguns muito consagrados que falam especificamente de VW a ar, mas esse número para mim se faz muito importante por um fato que vai muito além da expressividade do número em si, mas sim do feedback super positivo que venho recebendo nesses últimos meses através dos posts que venho fazendo, dos likes no Facebook, dos elogios recebidos pessoalmente nos encontros após acessarem um resultado de um post de um evento, dentre diversas outras formas. Nunca imaginei que falar de carro fosse tão gratificante e que pudesse unir as pessoas como é o resultado que o blog tem apresentado, ainda que muito pequeno perto de outros endereços.
A cada linha digitada nos mais de 300 posts publicados por aqui, tento "despejar" o máximo de conhecimento, sentimento e verdade dos fatos que estou retratando no contexto do tema. Sempre tento abranger todos os lados sem desmerecer nenhum, para que as pessoas que tenham as opiniões mais distintas possíveis possam atrelar à sua bagagem de conhecimento ou até armazenar alguma curiosidade interessante pelo menos alguma vírgula escrita. Sou extremamente grato a todos os amigos e parceiros que, de uma forma ou de outra contribuíram para que esta pequena marca fosse atingida com relativa rapidez dada à realidade em que esse blog vive, onde tudo é postado apenas com o intuito de repassar e compartilhar o máximo de conhecimento possível.
Algo que não cansarei de fazer a todos que acessam é agradecer por TUDO que fazem por essa página para que ela continue SEMPRE de pé. Saibam que vem muitas novidades por aí.
Até quarta feira eu não sabia exatamente o que postar quando esse dia chegasse, mesmo sabendo que ele poderia estar muito próximo. Eu simplesmente não tinha nada na cabeça como ideia de conteúdo para um dia tão especial como hoje. Ontem, conversando com o Plínio (dono do Fuscão 1500 1974 que postei anteontem), ele gentilmente me mandou as fotos de mais um exemplar que integra a sua belíssima coleção, e ao ver as fotos não pensei em duas vezes em optar por mostrar esse carro em uma data tão ímpar.
Como vocês podem notar, nesses últimos dias eu tenho tentado alternar os conteúdos durante os dias que posto: Geralmente posto um exemplar em um dia, e no próximo tento não repetir a mesma linha, postando algum conteúdo diferente, não sendo um exemplar. Dada a importância do dia de hoje para mim, resolvi abrir uma exceção à essa regra postando esse magnífico exemplar do Plínio.
Se você viu o post de quarta feira, certamente já deve ter algo em mente imaginando como seria esse próximo carro do Plínio. Se você está imaginando mais um German Look cheio de acessórios, saiba que se enganou e grandemente, pois o carro de hoje é absurdamente íntegro e original.
No post de quarta feira, na descrição do outro exemplar do Plínio, eu pincelei levemente algumas diferenças entre o Fuscão 1500 (exemplar mostrado naquela ocasião) e o Fusca 1300, modelo de entrada e, geralmente, com menos acessórios em relação ao que poderíamos chamar, naquela época, de "top de linha". Coincidentemente hoje, por meio de um carro do mesmo dono que o anterior, poderemos mostrar o que a VW oferecia como um modelo de entrada no mesmo ano, visto que ambos os Fusquinhas são 1974.
O carro a ser mostrado hoje é um Fusca 1300, ano 1974. Porém ele não é um Fusquinha 1300 como a grande maioria dos que já podemos ver aqui ou até mesmo da grande maioria que circula nas ruas. Esse carro tem o Plínio como segundo dono e ainda conserva apenas 90.000 km originais. Esta joia estava parada há 17 anos, quando Plínio pôde resgatá-la e voltá-la à ativa. Se vocês prestarem bastante atenção nas fotos, vocês verão o quão íntegro o carro é e quantas certificações de fábrica, colocadas há 42 anos ainda estão no carro.
Muito do que falarei possivelmente aparecerá nas mais de 20 fotos que integram o post, mas vocês notarão muitas coisas em que esse carrinho chama a atenção: O velocímetro ainda tem o lacre de fábrica, o que comprova a integridade do carro. Os selos no parabrisa ainda são os de fábrica, o que hoje equivale à aqueles selos colados nos parabrisas dos carros atuais, geralmente com um código de barras. Outro detalhe bacana são os adesivos da concessionária onde o carro foi tirado zero, em Curitiba. Além disso, o carro segue fielmente os padrões originais interna e externamente. O motor segue 1300 e recebeu um carburador novo na revisão para que o carro voltasse à rodar. Ele tem um cofre muito organizado e ainda tem a bobina Bosch original. O carro tem o escapamento original com as muflas do ar quente, sistema que por sinal funciona perfeitamente. Ainda na parte mecânica, algo nesse carro me chamou muito a atenção e é cada dia mais raro de se ver isso em um Fusquinha: A tampa da boia de combustível ainda é a original, cromada. Geralmente, quando a boia é trocada essa tampinha é descartada para ser colocada uma de plástico.
A única alteração (se é que podemos assim dizer) feita pelo Plínio no carro foi a troca dos pneus pelos Firestone Champion Deluxe com faixas brancas finas (3/4 de polegada) nos pneus, acessório muito comum até hoje em Fusquinhas.
O carro é fantástico e muito íntegro. O Plínio disse que nos mostrará mais de seus outros exemplares. Com certeza gostaremos muito!
As fotos falam por si, o carro é magnífico.
Preparem os babadores protejam os teclados, pois tem carro bonito chegando em ocasião especial!!
























 
Quero agradecer ao Plínio, por mais uma vez ceder as fotos!
Muito obrigado a todos que acessaram ontem, hoje e sempre!!
Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.  

Um comentário:

Seu comentário é muito bem vindo!