sábado, 4 de junho de 2016

Fusca 1300 1981 - Renato Buzato

Este post é mais um da categoria que abrange a grande maioria dos Fuscas na atualidade: Os Fuscas comuns, do dia a dia.
Muitas vezes por curiosidade ou até mesmo pelas publicidades que aparecem "na nossa cara" na internet, nós nos deparamos com diversos carros antigos restaurados anunciados a preços altíssimos. Ao ver as fotos, nós tomamos ciência muitas vezes de que aquele carro é muito bonito, parece novo e tudo mais. Porém neste processo de restauração possa vir a se perder marcas do tempo que o carro tinha antes e que evidenciava muita coisa em sua história. Muitos restaurados não perdem seus "traços", felizmente, mas muitos infelizmente acabam deixando para trás o "pó do passado" em suas peças para se dar um falso ar de novo.
Esse simpático Fusquinha que aparece nas fotos pertence ao Renato Buzato. Ele é ano 1981, um dos últimos anos de produção do Fusca 1300. Este carro tem uma história muito bacana desde zero até chegar as mãos do Renato.
Em 1981, uma senhora tirava esse Fusquinha de uma concessionária Volkswagen, esta que permaneceu por muitos anos com o carro, sempre se preocupando com a sua conservação. Décadas depois, ela acabou passando a propriedade do carro para seu filho, que usava bastante o carro e que, consequentemente acabou tendo problemas por uma possível falta de manutenção ou algo do gênero.
Interessado no carro, o Renato conseguiu adquiri-lo. Embora soubesse que tinha uma grande missão de levantar um Fusquinha, ele não se intimidou diante das dificuldades. Para se ter uma ideia, ele demorou em média 40 minutos para retirar cada vela do carro para não espanar as roscas do cabeçote, isso muitas vezes se dá pelo excesso de aperto.
Com o tempo e muito trabalho, o Fusquinha foi ficando ao gosto do Renato. Depois de uma revisão geral, o carro ficou muito seguro e firme de andar, fazendo que seu dono o use todos os dias, inclusive fazendo viagens.
A pretensão é, em um futuro, fazer um upgrade para um motor 1600, afim de melhorar o desempenho.
Preparem os babadores e protejam os teclados, pois a foto abaixo mostra que um Fusquinha de uso diário pode ser tão inteiro quanto um que fica tempos parado e só sai as vezes.
Veja:


Quero agradecer ao Renato por enviar a foto!
Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail. 
 

Um comentário:

  1. Esse é o Fusca que eu chamo de pronto para andar no dia a dia, pois não está brilhando que nem um colecionável, mas também não está em estado deplorável que nem muitos que vemos por ai que pensam que "só porque é Fusca vamos levando de qualquer jeito".

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo!