domingo, 20 de dezembro de 2015

Vídeo de Natal/Ano Novo: Biela Torta

A grande maioria da galera que está sempre antenada no mundo automobilístico online, geralmente tem seu (ou seus) Youtuber preferido, que segue o canal, que assiste, dá aquele joinha ou comenta nos vídeos. Possivelmente você, meu amigo, que está lendo se enquadra nessa estatística, não?
Bem, eu, como todos vocês tenho meus Youtubers prediletos e tento, na medida do possível, acompanhar o que eles postam. Tonella, Eduardo Saura, Diego Velocimetros, Dr. Carro, AJ Carburadores, Thiago Gaban e tantos outros são exemplos de quem eu geralmente assisto os vídeos.
Além de todos esses que eu já citei, geralmente eu assisto o humor automotivo do canal Biela Torta, que hoje nos presenteou com este belo vídeo de final de ano, mostrando o quanto os carros, nas mãos de quem os apreciam, são importantes e são capazes de fazer parte de nossa vida.
Este vale a pena assistir!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Fusca 1967 1300 - Osvaldo Vitte Filho

Meus amigos, estão ouvindo o ronco? Está estacionando mais um belo besouro aqui no blog!
Toda vez que vemos um carro antigo, seja ele por foto, pessoalmente, na TV ou algo do tipo, de poucas coisas podemos ter certeza, mas de um fato ninguém pode duvidar: Com toda a certeza todo clássico já teve seus dias de glória, seus dias de novo, seus dias de oficina, seus dias tristes. Carros antigos, através de marcas do tempo nos mostram isso.
Muitas vezes um carro antigo é muito usado no início de sua vida, e depois de tanto servir a seus proprietários, acaba sendo esquecido em garagens, terrenos, ou até mesmo na rua. E ali ficam, muitas vezes, esquecidos somente vendo o tempo agir sobre seus componentes. Feliz é aquele cara que compra um clássico, porém é mais feliz ainda aquele que "ressuscita" um clássico. Carros antigos foram feitos para rodar, e cá entre nós, que maravilha "satisfazer" esses carrinhos.
Bom, falo tudo isso por um simples motivo: Esse belíssimo Fusca 1967, com motor 1300 pertence ao Osvaldo. Este carro ficou parado por algum tempo e graças ao empenho do Osvaldo hoje ele roda em plena saúde e com muito estilo.
Já há alguns anos em que o Osvaldo comprou esse carro, no estado em que as fotos mostram, todo desmontado e com as peças guardadas.



Com o carro em mãos, o Osvaldo começou a desenvolver o projeto como ele queria: Um carro com uma estética original mas com alguns acessórios que lhe agradassem. Com isso ele fez a instalação de uma suspensão a ar (creio eu que se fosse fixa, de acordo com esse mundo politicamente correto ele seria condenado por homicídio de muitas todas as vezes que saísse com o carro...haha), rodas de tala larga na traseira, uma revisão mecânica, uma pintura nova, parachoques modificados (sem aquelas grades em cima) e com batentes, friso no capô dianteiro com a medalha, como nos modelos até 1965 e muitos outros detalhes.
A próxima intervenção no carro será a instalação de um teto ragtop. Aguardamos fotos!
Bom, chega de conversa, vamos ver o carro pronto. Preparem os babadores e protejam os teclados!












Quero agradecer ao Osvaldo por ceder as fotos!
Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Fusca 1965, a Hebe Camargo: Guru Gopan

Depois de um longo e tenebroso inverno (ou verão), volto a postar. Estive numa correria neste final de ano e não pude deixar o blog sempre atualizado, peço desculpas a toda a galera que acessa, pois sempre procurei postar com mais frequência.
O carro que eu mostro hoje é um belo brinquedo: Forte, clássico, diferente, nostálgico talvez, um carro de muita personalidade.
Este Fusca 1965, ou "Hebe Camargo", apelido dado pelo Guru ao besouro, é o carro que embelezará este post. Como o próprio dono diz, esse é o típico Fusquinha de um "boy" dos anos 70, época onde os jovens tinham muitas opções de personalização em seus carros. No lugar de LED's, câmeras de ré, centrais multimídia, sensores de estacionamento, faróis xênon, e muitos outros acessórios, a galera da época se divertia com um toca fitas (ou para quem tinha menos recursos, um radio comum, geralmente só AM), um "caça mulata", farol único afixado praticamente na lateral do Fusquinha dentre muitos outros detalhes. O carro do Guru segue exatamente esse estilo.
Ao mesmo tempo em que muitos podem enxergar um carro totalmente modificado, muitos podem ver um carro com detalhes originais nesse Fusca. Dentre tantas modificações, se nota (na dianteira) rodas fechadas originais, como saía no 1965 de fábrica, além dos parachoques cromados, faróis olho de boi, o (belo) vidro traseiro menor (inclusive foi um dos últimos anos a sair com este vidro) e tantos detalhes.
Nas modificações, vamos começar pela suspensão: Esse carro é rebaixado, usando rodas de tala 4" na frente, com pneus 155/60 R15, e 8" na traseira, com pneus 195/55 R15. No agregado mecânico, o carro conta com um câmbio 8X33 (Fusca 1500) com um motor 1700, comando W100 (o que gera torque em baixas rotações), ignição eletrônica, e uma dupla Solex 32 com borboletas de 34mm, venturis 24 polidos e todo o requinte de um carburador preparado pela AJ Carburadores. Além disso, ele também terá um escapamento dimensionado 4x2 sem abafador, que aparece nas fotos.
O melhor de tudo é que o Guru utilizará esse carro no dia-a-dia, assim como faz com o seu 1961 placa preta. Aliás, ele é um cara de muito bom gosto quanto a carros antigos, pois tem uma garagem de fazer babar!
Bom, vamos as fotos, elas falam por si.
Preparem os babadores e protejam os teclados!





















Quero agradecer ao Guru por ceder as fotos!

Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.



sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Fusca do Renan Gui Silva: Renascendo das cinzas!

Eu começo esse post com uma pergunta: O que diferencia um carro novo, um carro atual de um carro antigo?
Essa pergunta pode ter muitas respostas, muitas opiniões, e com certeza nos traria uma discussão muito bacana, mas, neste post, o que diferencia um carro novo de um clássico, de um carro antigo é simples: Carros antigos passam simpatia a seus donos, e mesmo depois de tantos anos rodando, deixam um legado que nunca acaba, eles integram uma "história em movimento", onde sempre cabem muitos quilômetros a serem rodados. Este é o caso desse carro.
Este simpático Fusquinha verde, que aparece nas fotos é do Renan, que gentilmente me mandou as fotos quando eu o convidei para postar o carro. Esse carro foi comprado pela família do Renan em 2000, na época, sua mãe não aceitava, de forma alguma, a aquisição do besouro, mas é possível entender o por que da rejeição: Esse Fusquinha era cercado de alguns problemas adquiridos pela idade que não eram comuns em carros novos, as portas abriam em movimento, ele as vezes buzinava sozinho e outros problemas, geralmente muito fáceis de se resolver.
Com o decorrer do tempo, o resto da família foi pegando amor pelo Fusquinha, assim como os problemas foram sendo reparados. De uns 4 anos pra cá, o Renan encostou esse carro para um restauração mais do que merecida, ele tem a pretensão de instalar um motor 1600 com injeção eletrônica, como o das Kombis mais modernas, até 2006.
Nas fotos o carro ainda está adormecido, mas com certeza vale a pena mostrar essa jóia, que em breve estará pronta.
Preparem os babadores e protejam os teclados!










Quero agradecer ao Renan por ceder as fotos!

Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Fusca 1976 1600, o Mutley: Rodrigo FPS

No mundo dos carros antigos, dos carros clássicos, existe algo que jamais estará presente no mundo dos carros atuais: Cada carro consegue ser diferente um do outro, por menores que sejam suas divergências.
O carro que tenho pra mostrar hoje retrata exatamente isso. Aparência original, alguns detalhes modernos, e modificações um tanto interessantes.
Este belo Fusca 1976, apelidado de Mutley, pertence ao Rodrigo FPS. É um carro com muitas particularidades e de muita identidade. O seu antigo dono, Milton Gontijo, o qual chamava o Fusquinha de "Bee", no tempo em que esteve com o carro, fez diversas modificações no carro ao seu gosto, na suspensão ele encurtou 2 polegadas, instalou mangas de eixo deslocadas da EMPI, nos freios foi feito o desejado upgrade para freios a disco, as rodas foram trocadas para um modelo próximo do original, porém na dianteira com tala de 5,5" e na traseira tala de 7". Todas essas modificações foram feitas (e muito bem feitas, diga-se de passagem) pelo Alexandre Katraka e pelo Denis.
No motor, o comportado 1300 foi aberto, retificado e montado como um 1636cc, com cabeçotes retrabalhados para atingir a taxa de compressão de 9:1, juntamente com uma dupla carburação Solex 32. As válvulas tiveram três ângulos de assentamento, fazendo com que essas fiquem melhor "acomodadas" em suas sedes.
No interior, todo o estofamento foi refeito pelo Leandro Interiores Especiais, que é especialista em Hot Rods com o couro ecológico utilizado nas Range Rover, dando ao interior do Fusca um tom caramelo, meio bege, de muito bom gosto.
Nas mãos do Rodrigo, o carro teve um reparo no câmbio, a bateria foi trocada, ele instalou os simpáticos retrovisores raquetinha, instalou aquela cestinha, como se fosse um porta trecos, na frente da alavanca do câmbio, trocou o suporte da placa, o parachoque dianteiro, dentre outros itens. Ele disse que aos poucos vai deixando o carro ao seu gosto, melhorando o projeto que foi iniciado pelo Milton, seu antigo dono.
Agora que você já leu todas as características desse Fusquinha simpático, vai entender o por que da junção da modernidade, onde se enquadra o interior, com um couro utilizado em um carro atual, com tecnologia de ponta, o visual clássico, por ter detalhes cromados, um rádio de época e outros itens, assim como as modificações na suspensão e no motor, dando mais fôlego a este Fusquinha.
Preparem os babadores, protejam os teclados, pois tem carro bonito estacionando aqui no blog!







Quero agradecer ao Rodrigo por ceder as fotos, e ao Milton, seu antigo dono, por ceder as informações!

Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Fusca 1962 diretamente de Montevideu

Eu já conhecia esse vídeo a algum tempo, e decidi postar aqui.
Nesse vídeo, o Rodolfo, da loja Fuscanet, mostra o Fusca do seu funcionário, um 1962 com a estética próxima da original, muitas peças de época e com muita integridade.
É um carro de "Zé frisinho", daqueles que coloca defeito no carro dos outros? De jeito nenhum! É um carro de muita personalidade e muito diferente do que temos aqui: Lá no Uruguai, assim como em diversos outros países, os motores 1200 já tinham uma construção diferente dos 1200 nacionais, eles já tinham o bloco igual aos 1300, 1500 e 1600 daqui.
Esse ainda tem alguns venenos, ele ganhou um kit que o transforma em 1400, um escapamento EMPI GT (temos um post falando sobre esse escapamento aqui no blog), um hotspark na ignição, rodas de Porsche, alavanca de engate rápido da EMPI, dentre tantas outras peças.
Assista!


sábado, 17 de outubro de 2015

Upgrades no 1983 do Rafael da Silva

A primeira vez em que um carro aparece por aqui, é sempre muito bacana. Mas, todas as vezes que esse carro volta, é muito mais legal!
Hoje o Fusca 1983 1300 do Rafael da Silva voltou somente para a gente ver os upgrades feitos nele.
O carro ganhou um kit de ignição eletrônica, cabos de vela esportivos, capela do 1600, escapamento dimensionado, com saída única, um tapa geral nos freios e muito mais.
O besouro está ficando muito bacana, e em breve já estará roncando forte por aí.
Preparem os babadores e protejam os teclados!








Quero agradecer ao Rafael por ceder as fotos!