Ignição eletrônica no distribuidor original

sexta-feira, 20 de abril de 2018

É hora da fiscalização

Em tempos onde muitas pessoas não temem a lei pelo fato da fiscalização e aplicação das mesmas ser muito fraca aqui no Brasil, muita gente pratica infrações de trânsito a torto e a direita e não tem mais medo de ser autuado pelos órgãos competentes. Ao entrar no blog, prepare os documentos do carro e também sua CNH pois hoje tudo será conferido de uma forma mais do que nostálgica. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Hoje no horário de almoço tive de passar rapidamente pelo Detran em uma tentativa (totalmente sem sucesso) de buscar o novo documento do Uno. Ali, eu observava como o perfil dos órgãos de trânsito mudaram com o passar dos anos, inclusive em relação a boa vontade dos atendentes em resolver o seu problema. Em contrapartida, muitas vezes agentes de trânsito (logicamente também há exceções de boa vontade) pelo menos se dispõem a nos ajudar caso seja preciso.
A foto que vocês veem ao final do post foi salva, há alguns dias, desse post do conceituado blog do Flávio Gomes. Nela, há um belo registro de um policial rodoviário de Santa Catarina entre as décadas de 70 e 80 ao lado de um carro que, dada sua durabilidade e simplicidade no conjunto mecânico, era uma viatura ideal para a aplicação em questão: A Brasília. O bacana é poder ver como as viaturas eram caracterizadas na época, sem um giroflex extenso e sim com  uma sirene gigante no centro do teto e também as fardas dos policiais rodoviários que mostravam o máximo de elegância na época.
Veja:


domingo, 15 de abril de 2018

Sonorizando com discos de vinil nos anos 50

Ainda que o tema a ser abordado no vídeo de hoje seja um tanto criativo e envolva uma trilha sonora simplesmente sensacional, faço um adendo no início desse post para noticiar um fato triste que deve ser compreendido por nós como o fim de um ciclo assim como a concretização de um legado de honestidade, simplicidade, conhecimento e competência. Na noite de ontem, recebi a triste notícia do falecimento de um grande ícone quando falamos de artesãos e mecânicos voltados ao antigomobilismo: A morte do Sr. Lenin, popularmente conhecido como Lenin Chaveiro. Em várias ocasiões aqui no blog eu publiquei conteúdos do seu canal como a fabricação das maravilhosas manoplas de câmbio que fazia e também a confecção de emblemas a mão feitos em latão. O Sr. Lenin era detentor de um grande talento que sempre tinha atrelado consigo a humildade e simplicidade no compartilhamento do seu conhecimento. Com toda a certeza a sua competência ao abrir portas de casas, carros e outras fechaduras durante a sua vida permitem agora que sejam abertas as portas do céu para uma alma cheia de criatividade. Que a família supere esta fase e que todo o conhecimento deixado por Lenin atravesse muitas gerações antigomobilistas. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Como alguns amigos que seguem o blog sabem, há aproximadamente duas semanas fiz a aquisição de um Fiat Uno Mille para o uso diário. A ideia era comprar um Fusquinha mas, para minha necessidade, o carro precisava ser 1.0. A ideia do post de hoje (e nem dos próximos) não é falar desse carro que terá uma série de vídeos no meu canal do Youtube, mas com certeza esse carrinho tem me mostrado pela ausência de um rádio (que tão logo será instalado) o quanto é ruim ficar sem música enquanto se dirige. Por esse motivo, trago hoje um vídeo que mostra um acessório absurdamente exótico que, sinceramente, eu nunca tinha visto no meio automotivo.
O vídeo que vocês veem ao final do post vem do canal Guteandtite1 do Youtube. Nele, é mostrado um maravilhoso Fusca 1958 cabriolet que recebeu um equipamento de época fabricado pela Phillips capaz de reproduzir as músicas de um disco de vinil atrelado a um rádio de época. A ideia é simplesmente fantástica e, confesso aos amigos, que eu nunca tinha visto absolutamente nada parecido. Eu particularmente gosto muito de LP's e ainda tenho muitos guardados em casa. Com certeza um conteúdo desses mostra que não vimos de tudo quando falamos de acessórios de época a nível mundial.
E o relógio no painel também é uma graça.
Veja:


sábado, 14 de abril de 2018

Propaganda da Variant: Sem limites de quilometragem!

É meus amigos, a cada dia sinto mais saudade de poder escrever nesse blog com maior frequência, mas com certeza toda a correria que tem construído meu cotidiano ultimamente tem sido muito válida de modo que, no futuro, o conteúdo desse blog seja extremamente superior a tudo o que é sempre postado aqui. O post de hoje traz uma propaganda pra lá de nostálgica que também encoraja muitos antigomobilistas a irem um pouco mais longe com os seus brinquedos. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Em algumas ocasiões passadas aqui no blog eu já tive o prazer de publicar várias fotos e vídeos mostrando viagens longas a bordo de Fuscas, Kombis e outros VW a ar. A grande realidade é que, ainda que as rodovias tenham mudado muito nas últimas décadas e o ritmo das pessoas ao viajar também mudou, nós sabemos que é muito gostoso viajar a bordo de um carro clássico curtindo a paisagem, a brisa e com certeza a dirigibilidade que é única em um carro com mais idade. Um outro ponto interessante é que, ao andarmos em um carro antigo, temos a real percepção da velocidade, o que muitas vezes nos dá um pouco mais de juízo na hora de acelerar fundo.
A propaganda que vocês veem ao final do post estava salva no meu PC há muito tempo e muito provavelmente é de 1972 para frente. Nela, há uma divulgação da Variant feita pela Volkswagen com uma bela jogada de marketing, virtude muito comum nas publicidades antigas da montadora. Nesta propaganda, é mostrada uma Variant emplacada (inclusive com as nostálgicas, belas e charmosas placas amarelas) em Belém, capital do Pará, em uma praia Catarinense. A foto e a descrição abaixo da mesma (que integram a propaganda) nos convencem que, de fato, um carrinho desses pode ir muito longe desde que bem cuidado. Logicamente o "top speed" muitas vezes não é combinado a essas aventuras, mas a gente save que com certeza esses carrinhos vão longe pelo fato de terem a simplicidade mecânica como a maior virtude.
Veja:


domingo, 8 de abril de 2018

Retirando a caixa de marchas do Fusca

Existem posts aqui no blog que além de contar com o entretenimento para todos os que gostam de mecânica e carros antigos também são de utilidade pública. Com certeza o conteúdo do post de hoje pode ensinar você a resolver um problema de forma rápida, objetiva com a informação que é realmente relevante para o sucesso na empreitada. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Por algumas vezes aqui no blog eu já postei alguns motores sendo montados, tendo sua primeira partida ou até mesmo recebendo os mais diversos tipos de venenos e regulagens. Na realidade, na internet nós temos muito material a respeito do motor do nosso querido Fusquinha e isso facilita e dificulta também em alguns aspectos a filtragem do bom conteúdo. No dia do meu aniversário no ano passado, trouxe aos amigos um vídeo que mostrava a desmontagem, diagnóstico, revisão e montagem de uma caixa de marcha de Gol BX, que nada mais é do que uma caixa de Fusca com as caixas de satélite montadas de forma invertida. Naquela ocasião, o vídeo trazia um excelente conteúdo e explicava de maneira clara a complexidade que o conjunto envolve. A fim de complementar o post daquela ocasião, trago um vídeo um pouco mais superficial no que diz respeito ao funcionamento da caixa, mas que dinamiza e foca um pouco mais se a ideia é trabalhar em um Fusca.
O vídeo que aparece ao final do post vem do conceituado canal do Youtube JBugs. Esse canal americano mostra inúmeras manutenções e upgrades em Fuscas e derivados por meio de vídeos curtos e cheios de conteúdo. Neste vídeo, é feita a retirada da caixa de marcha e dos semieixos de um Fusca 1963 mostrando o passo a passo para que seja feita a retirada após descer o motor. Em cinco minutos houve a apresentação e tudo foi ensinado sem delongas. O interessante é que esse Fusca conta com freios a disco na traseira, um upgrade muito comum para os americanos. Mesmo com essas modificações, o serviço é exatamente o mesmo em um carro original.
Além disso, ainda é mostrado como se pode fazer o ajuste de um volante de motor do 1600 em uma carcaça de câmbio do Fusca mais antigo, fazendo os desbastes necessários na caixa seca para que não haja interferência em seu movimento de rotação.
Veja:


sábado, 7 de abril de 2018

Fusca 1973: Se beber, não dirija!

Em um sábado tão oportuno não posso deixar de dizer que nunca na história desse blog eu postei um carro que "tenha álcool" em um contexto que não seja o do combustível. Como costumo dizer, carros antigos e principalmente os Fuscas permitem uma grande diversidade nesse quesito e eu sempre me sinto super honrado em poder mostrá-las quando posso. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Muitos amigos devem estar se perguntando o porque da demora nos posts, mas como já disse nas últimas publicações, nestes últimos dias só tenho visto minha casa para dormir e o computador que ligo com tanto gosto para escrever em pequenos momentos de ociosidade de tarefas. No entanto, estou acompanhando na medida do possível os comentários dos seguidores e também como as coisas estão fluindo. O flagra de hoje mesmo estava há mais de dois meses atrás aqui no meu computador e só hoje (aliás, em uma data bastante oportuna) estou podendo mostrar aos amigos.
As fotos que vocês veem ao final do post me foram enviadas há mais de dois meses pelo meu amigo Carlos. Quem acessa o blog há mais tempo deve se recordar dos vários flagras de Fuscas que ele já fez no trânsito paulistano (e tem vários outros no forno para aparecerem aqui) de uma maneira dinâmica e sempre mostrando exemplares que nos chamam a atenção de alguma maneira. Desta vez, o Carlos nos mostra um Fuscão 1500 1973 que recebeu uma modificação um tanto inusitada: Um Fusquinha caracterizado na marca Heineken. Confesso aos amigos que eu já tinha visto vários besouros adesivados de marcas clássicas, mas da Heineken é a primeira vez. Além disso, o carro tem paralamas traseiros "Fafá" e a suspensão bem baixa. Esse é um carro que nos mostra o quão diferente um Fusca pode ser sem perder seu lado clássico e também o quanto se pode ser feliz em um trânsito que, a cada dia, perde mais a cor.
Quero agradecer ao Carlos por mais essa contribuição!
Veja:





domingo, 1 de abril de 2018

1970 e TSI: O encontro da essência e da tecnologia

Muitos amigos antigomobilistas são bastante conservadores no que diz respeito a admirar apenas o passado em virtude de todo o lado nostálgico e de toda a essência que um carro antigo pode trazer, mas eu e muitas pessoas que gostam de carros somos do tipo que admira o clássico por ser o alicerce de nosso mercado atual e contempla com ótimos olhos a tecnologia que veio, que há e que virá. O conteúdo de hoje sintetiza isso de uma maneira muito interessante e, acima de tudo, com uma forma de interpretação simplesmente sensacional. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
No parágrafo anterior naquela divulgação que é praticamente de praxe em todos os posts eu sempre cito o meu canal do Youtube. Se eu pudesse comparar tudo aquilo que é escrito aqui no blog e o pequeno conteúdo que tenho nos vídeos, poderia dizer que aqui mostro tudo o que é clássico, e lá tento trazer o máximo do que há de tecnologia nos carros ao meu alcance. Na oportunidade de hoje, estou conseguindo atrelar a proposta do canal com o blog por meio de um canal que estimo muito em virtude do compromisso com a sua imagem e com a qualidade de seu conteúdo.
O vídeo que aparece ao final do post vem lá do canal do Bellote. Por várias vezes eu já disse aqui que acompanho o trabalho dele em virtude de gostar bastante da maneira que ele aborda os conteúdos. Além disso, ele mostra muitos modelos (sejam eles clássicos ou não) que me agradam bastante. No vídeo de hoje, é feita a apresentação de um belo Fusca 1300 1970 primeira série extremamente original e bem cuidado e em paralelo também há a apresentação de um "Fusca" TSI 2013. A grande realidade é que o modelo atual apresentado nesse vídeo recebeu o nome do carro mais amado do mundo para o mercado brasileiro por conveniência, visto que, como o próprio Bellote levantou, o carro é o Beetle lá do exterior, ou seja, a analogia de nomes de modelos da época do besouro ainda se mantém na montadora alemã.
De um lado, um Fusca branco com o simpático motor 1300 e o escapamento original de ponteiras finas que caracterizam um Fusquinha dos anos 60. Os frisos e os detalhes brancos passam o ar clássico de um carro antigo que traz consigo um pouco do passado e tudo aquilo que um antigomobilista gosta e admira. Na outra face, um carro atual, com turbo e injeção direta de combustível (o máximo da eficiência no gerenciamento de motores atualmente), uma alta gama de opcionais e um câmbio automático de dupla embreagem que, ainda que seja um sistema de custo elevado quando demanda manutenções, tem alta precisão na troca das marchas.
Que o verdadeiro Fusca é a essência e o que de fato carrega o nome e a história, não há dúvidas. mas é sempre interessantíssimo ver paralelos que não comparam e sim contemplam os frutos da evolução dos tempos.
Veja:



sábado, 31 de março de 2018

Fusca 1968: O colorido no supermercado

Escrever é um ato que vicia de modo que sempre buscamos relatar ou passar em palavras aquilo que sentimos ou que nos vemos na possibilidade de informar outras pessoas. A grande realidade é que "vícios do bem" como o de escrever ficam ainda mais intensos quando somos submetidos a uma espécie de "abstinência" em virtude de outros fatores que nos movem pelo andar da vida. O tempo está curto e eu não escrevo aqui há quase uma semana, mas não posso deixar de aparecer aqui pelo menos aos finais de semana com os vários conteúdos que nos aguardam. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Como os amigos sabem, um dos tipos de posts que eu mais gosto de escrever no blog são aqueles de flagras ou que apresentam os carros das pessoas. Afinal de contas, em todas as ocasiões desse tipo sempre estamos trabalhando com exclusividades, visto que jamais encontraremos um carro igual ao apresentado em questão. O conteúdo de hoje com certeza enquadra-se nesses requisitos e estava guardado desde o início do mês para que fosse colocado no ar em um momento oportuno.
As fotos que vocês veem ao final do post me foram enviadas no início desse mês pelo meu amigo Fábio. Quem acessa o blog há mais tempo deve se recordar do flagra que ele me enviou de um maravilhoso Fusca dos anos 80 absurdamente original e que ostentava placas pretas de coleção. Nessa abordagem, o Fábio nos traz fotos de um simpático Fusca 1968 vermelho grená que ele viu parado no estacionamento do Supermercado Extra Aeroporto, na Capital Paulista. Como se nota, é um carro que traz muitas características adquiridas ao longo de sua vida, como a pintura em dois tons, denominada "saia e blusa", modificação que foi moda na década de 80 e 90. Além disso, o carrinho traz todo o charme de um Fusca da década de 60 que me agrada demais.
Quero agradecer ao Fábio pela contribuição!
Veja:





domingo, 25 de março de 2018

Por dentro do Fusca

Durante muito tempo eu guardo comigo a vontade de escrever esse post. Na realidade, como a vida anda muito corrida dificilmente eu teria tempo de fazer uma seleção de fotos de interiores que já fotografei ou postei por aqui. Aliás, o post mais acessado do blog fala exatamente sobre o tema que esse vai abordar: Os interiores de Fusca. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita para quem acessa pelo PC e logo ao final desse post e de seus comentários para a versão destinada aos dispositivos móveis de maneira rápida e fácil. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem, visto que já apareceram os primeiros vídeos voltados aos carros antigos. Você também pode ficar sabendo quando há um post novo cadastrando seu e-mail para ser notificado. Além disso, não perca a oportunidade de conhecer a Ignição Eletrônica para distribuidores a platinado a venda através do blog. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Nas últimas semanas eu tenho revirado o OLX de ponta cabeça olhando um carrinho popular que possa servir de "meio de transporte" diário para mim. A grande realidade é que os custos de manter um Fusquinha rodando todos os dias é mais elevado do que de um popular 1.0 um pouco mais novo, este que atenderia a minha necessidade. Quando vejo anúncios de carros assim, sempre observo alguns detalhes estéticos que mostrem um pouco qual é o grau de cuidados que o proprietário tem com o veículo. Um deles é a integridade do interior. Um interior bem cuidado reflete muito o estado de conservação geral do carro e, hoje, a ideia é mostrar alguns interiores de besouros para os amigos.
As fotos que vocês veem ao final do post são de todas as épocas da história desse blog. Nelas, faço uma seleção de vários interiores de Fuscas que já passaram por aqui em posts exclusivos, flagras ou encontros. Até o momento que escrevo esses caracteres eu sequer imagino quais fotos integrarão o post, mas vocês conhecerão comigo a partir de agora.
Veja: